[29 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
Procurador-geral da República é a favor da criminalização da homofobia

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer a favor da criminalização da homofobia. Janot sugere ao Supremo que a punição por atos contra homossexuais seja aplicada pela Justiça nos termos da Lei 7.716/1989 (Lei de Racismo), que estabelece o tempo de prisão para crimes resultantes de preconceito de raça, etnia e religião.
Segundo Janot, a homofobia deve ser tratada como crime de racismo até que o Congresso Nacional aprove uma lei específica para disciplinar as punições. ”Razões de equivalência constitucional, ancoradas no princípio de igualdade, impõem …

Leia mais »

Direito e Cidadania, Notícias, Saúde »

[29 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
João Pessoa contará com cirurgia de “mudança de sexo” no SUS em 2015

O Ambulatório de Transexuais de João Pessoa, o primeiro do Nordeste e quinto do país, deve contar já em 2015 com a cirurgia para “mudança de sexo”. “Nesse próximo ano pretendemos inaugurar o bloco cirúrgico no Clementino Fraga para podermos fazer a primeira cirurgia”, contou o gerente do “Ambulatório TT”, Sérgio Araújo. “O nosso ambulatório é o mais complexo, porque temos todas as especialidades da portaria do Ministério da Saúde. Nós somos referência no Ministério”, conta.
Araújo explica que essa foi uma luta do movimento LGBT da Paraíba. “O Fórum LGBT …

Destaque, Direito e Cidadania, Notícias, Política »

[29 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
Procurador-geral da República é a favor da criminalização da homofobia

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer a favor da criminalização da homofobia. Janot sugere ao Supremo que a punição por atos contra homossexuais seja aplicada pela Justiça nos termos da Lei 7.716/1989 (Lei de Racismo), que estabelece o tempo de prisão para crimes resultantes de preconceito de raça, etnia e religião.
Segundo Janot, a homofobia deve ser tratada como crime de racismo até que o Congresso Nacional aprove uma lei específica para disciplinar as punições. ”Razões de equivalência constitucional, ancoradas no princípio de igualdade, impõem …

Artigos, Destaque, Direito e Cidadania, Notícias, Política »

[24 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
Você sabe o que os/as presidenciáveis propõem para combater a homofobia?

Por Leandro Colling
Instigado por um texto inicial do ativista Vinícius Alves, resolvi acessar o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para verificar quais são as propostas dos/as presidenciáveis para combater a homo-lesbo-transfobia no Brasil. O resultado da leitura dos planos de governo é desanimador, ou melhor, é de chorar! Até os partidos tidos como mais “radicais” estão propondo muito, muito pouco.
Qualquer um pode fazer o mesmo levantamento, basta clicar aqui. Os planos de governo apresentados são versões iniciais que podem ser modificadas, mas já nos dão uma pista sobre o que …

Artigos, Notícias »

[21 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
Macho é o que não falta!

Ao contrário do que certos colunistas pregam, os machos não estão em extinção, muito pelo contrário, os machões que espancam mulheres e matam viados ainda estão por aí
Por Fabricio Longo, d’Os Entendidos 
Brochar, falir, chorar, demonstrar sensibilidade, tratar as mulheres com respeito e de repente lavar a louça. Não gostar de futebol e quem sabe, preferir cuidar do visual e talvez dividir a conta ao invés de pagar tudo sempre. Essas são as conquistas do homem moderno, influenciadas provavelmente pelo feminismo. Não seria lamentável que alguém considerasse tudo uma frescura, e …

Destaque, Entretenimento, Notícias »

[21 jul 2014 | Nenhum comentário | ]
Aos 85, Nathalia Timberg comenta papel de lésbica com Fernanda Montenegro

Nathalia Timberg foi anunciada oficialmente como par romântico de Fernanda Montenegro na novela Babilônia, a próxima das 21h de Gilberto Braga para a TV Globo.
Aos 85 anos, ela afirma que foi agraciada pelo papel de lésbica na terceira idade e comemora: “É uma proposta interessantíssima e fui agraciada. Somos as sobreviventes do nosso grupo e vamos estar uma amparando a outra”.
Na trama, Nathalia e Fernanda viverão um casal de lésbicas da alta sociedade, que já foram casadas com homens, mas que optaram pelo divórcio para conseguirem se unir há 30 anos. Elas já …