[21 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
‘É um modismo’, diz ativista LGBT sobre o movimento dos ‘g0ys’

Dois homens podem se abraçar, se beijar, se masturbar juntos e até praticar sexo oral eventualmente, mas isso não significa que eles são gays. Assim pensam os g0ys (com um zero no lugar do “a”), um grupo surgido nos Estados Unidos em meados da primeira década dos anos 2000 e que vem expandindo sua filosofia pelo mundo, inclusive com muitos adeptos no Brasil. No Facebook, o grupo “Espaço g0y e afins” tem mais de 640 membros.
O site brasileiro “Heterogoy” deixa muito claro que g0y não é gay e explica que …

Leia mais »

Direito e Cidadania, Internacional, Notícias »

[21 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
Aluna impedida de levar namorado transexual a festa de formatura vai fazer sua própria comemoração

Uma estudante do ensino médio em Nova York foi impedida pela sua escola, católica, de levar seu namorado transexual para a festa de formatura do colégio. O casal, agora, planeja fazer sua própria celebração.
O caso está movimentando a imprensa americana. Anais Celini, de 18 anos, aluna do Colégio Martin Luther, na região do Queens, alega que a direção a proibiu de levar seu namorado, Nathaniel Baez, para o evento argumentando que a sua transição “não foi convencional”.
“Não vou pedir de novo. Não vou lutar contra eles, esta não era a …

Destaque, Internacional, Notícias »

[21 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
‘É um modismo’, diz ativista LGBT sobre o movimento dos ‘g0ys’

Dois homens podem se abraçar, se beijar, se masturbar juntos e até praticar sexo oral eventualmente, mas isso não significa que eles são gays. Assim pensam os g0ys (com um zero no lugar do “a”), um grupo surgido nos Estados Unidos em meados da primeira década dos anos 2000 e que vem expandindo sua filosofia pelo mundo, inclusive com muitos adeptos no Brasil. No Facebook, o grupo “Espaço g0y e afins” tem mais de 640 membros.
O site brasileiro “Heterogoy” deixa muito claro que g0y não é gay e explica que …

Destaque, Direito e Cidadania, Notícias, Polícia, Política »

[21 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
Gays, lésbicas, travestis e transexuais terão espaço exclusivo em prisões

Gays, lésbicas, travestis e transexuais presos devem ter direito a um espaço exclusivo de convivência nos estabelecimentos prisionais. É o que diz resolução publicada na última quinta-feira (17) pelo Conselho Nacional de Combate à Discriminação, ligado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.
O texto não equivale a uma lei e não estabelece nenhuma penalidade caso os Estados não criem essas áreas ou obriguem os presos a se transferir para elas. O Estado de São Paulo adotou em janeiro uma resolução, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), que garante …

Internacional, Notícias, Polícia »

[7 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
Mulher é considerada culpada de matar filho de 4 anos por achar que era gay

Jessica Dutro, de 25 anos, foi considerada culpada pela morte do filho de quatro anos. O júri, do Estado norte-americano do Oregon, levou pouco mais de uma hora pare se decidir pelo veredito.
A mulher mostrou pouca emoção quando a decisão foi lida considerando-a culpada por assassinato, homicídio por abuso e agressão em segundo grau. A sentença será divulgada em 18 de abril.
O garoto Zachary Dutro-Boggess chegou ao hospital com os intestinos rompidos em dois lugares após uma surra. A mãe esperou dois dias para levá-lo à emergência. No hospital, ele …

Artigos, Direito e Cidadania, Notícias »

[7 abr 2014 | Nenhum comentário | ]
Por que dizer que alguém é gay ou lésbica é encarado como xingamento?

Por Leonardo Sakamoto
Sabemos que dizer que alguém é “gay” ou “lésbica” em uma sociedade heteronormativa e machista como a nossa pode carregar uma montanha de intenções negativas. O significado não é apenas a orientação sexual, mas todo um pacote de comportamentos fora do padrão que foram equivocadamente imputados a esses grupos ao longo do tempo.
O que não é aleatório, mas sim uma forma de separar o certo e o errado, o quem manda e quem obedece, ditados pelo grupo hegemônico. Como as piadas, que existem em profusão para rir de …