Home » Destaque, Direito e Cidadania, Eventos, Notícias

Travestis e trans serão tema da parada LGBT de Belém deste ano

17 outubro 2015 Nenhum comentário

Parada do Orgulho LGBT de Belém em ano anterior (Foto: Paula Sampaio/ Arquivo O Liberal)

A 14ª edição da Parada do Orgulho LGBT de Belém será realizada nesse domingo (18), paradacom o tema “Travestilidade e Transexualidade: minha vida, meu gênero, minhas regras, meus direitos”. A concentração começará a partir das 9h, na escadinha do Cais do Porto, e a saída da caminhada será por volta de 12h.

Neste ano, o percurso será menor.  Acompanhado por dois trios elétricos, o público seguirá pela avenida Presidente Vargas até a Praça da República e retornará pela avenida Assis de Vasconcelos até a Praça Waldemar Henrique, onde a programação cultural prosseguirá até 18h30. Nos anos anteriores, a concentração foi na avenida Visconde de Souza Franco e a parada começava mais tarde. De acordo com os organizadores, as mudanças foram feitas com o objetivo de assegurar uma manifestação mais segura e fortalecer o caráter político.

A expectativa é reunir aproximadamente 500 mil pessoas. Para debater o tema, um seminário foi realizado na quinta-feira (15) e reuniu 80 pessoas, incluindo alguns dos profissionais que foram designados para atendimento no Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais do Pará. O espaço começou a funcionar na terça-feira (13) e fica no prédio da Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecto-Parasitárias Especiais (Uredipe), no bairro do Telégrafo.

“Temos conquistado uma série de coisas, como o nome social e o ambulatório, mas ainda precisamos assegurar muitos direitos. Na comunidade LGBT, as pessoas trans e travestis ainda estão muito vulneráveis e precisam deixar de serem invisíveis para a sociedade”, afirmou uma das coordenadoras, Bárbara Pastana.

Ainda em alusão ao evento, na manhã desta sábado (17) foi promovida a “Ação Cidadania LGBT”, em que o público pôde tirar documentos como RG, carteira de trabalho, certidão de nascimento e carteira de nome social, na Praça Waldemar Henrique. A programação durante a tarde, no mesmo local e a partir das 17h, contará com show de talentos, apresentação da cantora Viviane Batidão, DJs e drag queens.

A Parada do Orgulho LGBT é realizada pelo Grupo Homossexual do Pará (GHP), Grupo de Resistência de Travestis e Transexuais da Amazônia (Gretta), Cidadania, Orgulho e Respeito (Cor) e a Rede de Jovens Mais Pará. O Governo do Estado e a Prefeitura de Belém apoiam o evento.

Fonte: ORM News